Xantelasma – Placas Amarelas nas Pálpebras

 em Dermatologia Cirúrgica

Xantomas e Xantelasma

Xantomas são lesões dermatológicas causa das pelo acúmulo de lipídeos ou triglicerídeos na derme. Apresentam-se de muitas formas clínicas diferentes. O mais frequente é o xantelasma. A classificação clínica se dá de acordo com  localização e o tipo de lesão cutânea apresentada pelos pacientes. Exemplos de outros xantomas são: eruptivo, tuberoso, tendinoso e palmar.

O xantelasma é o xantoma das pálpebras. Carateriza-se por placas amareladas presentes nas pálpebras, podendo acometer tanto as inferiores quanto às superiores. Quanto maior o numero de lesões e o de pálpebras acometidas, pior o prognóstico. Existe uma graduação na classificação dos xantelasmas de acordo com a extensão e número de pálpebras acometidas. Existem 4 graus de xantelasma que são:

Classificação:

  1. Xantelasma em apenas uma das pálpebras
  2. Xantelasma em duas pálpebras acometendo o cano interno
  3. Xantelasma acometendo as duas pálpebras, sendo menos da metade de cada uma
  4. Xantelasma nas duas pálpebras, sendo mais da metade de cada uma

 

Tratamento do xantelasma

Lesões nas pálpebras

 

Tais lesões podem estar relacionadas com alterações nos colesteróis ou triglicerídeos ou não, sendo no segundo caso, muitas vezes herança genética. Cabe salientar que o xantelasma por si só é considerado um fator de risco para doença coronariana.

Tratamento:

Após avaliação médica e discussão com o paciente, algumas medidas terapêuticas podem ser adotadas para o tratamento. São os principais métodos terapêuticos disponíveis:

  • Cauterização química: aplicação de ácido para a destruição das lesões;
  • Exérese cirúrgica: retirada da lesão com o bisturi e sutura posterior;
  • Laser de CO2 ablativo: método destrutivo mais custoso
  • Eletrocoagulação: método destrutivo eficiente e mais econômico

A recuperação dos pacientes após tratamento para xantelasmas costuma ser rápida, através do uso de pomadas cicatrizantes. Os resultados estéticos são excelentes. As lesões recidivam com maior ou menor frequência de acordo com características da doença e do procedimento adotado para o tratamento.

O Dr. Raphael Peryassú é médico dermatologista especializado em cirurgia dermatológica e no tratamento desta doença. Atende nos seus consultórios na Barra da Tijuca e Copacabana. Agende sua consulta.

Central de marcações:

Tel: 4106-1787

WhatsApp: 99642-3139

Para voltar a nossa página inicial, clique aqui.

Para voltar para o nosso blog, clique aqui.

Maiores informações, clique aqui.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contato

Entre em contato para tirar suas dúvidas!

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Tratamento da Exostose Subungueal
WhatsApp Mande um WhatsApp!