Onicocriptose (Unha Encravada) – Tratamento

 em Dermatologia Cirúrgica

Onicocriptose

A onicriptose, popularmente conhecida como unha encravada, é um problema frequente e incapacitante. Decorrente na maioria das vezes, de fatores mecânicos, pressão direta ou indireta, da lâmina ungueal sobre as pregas ungueais, que leva ao encravamento das unhas. A unha que penetra na pele gera reação inflamatória que se traduz por edema, vermelhidão e dor no local acometido. Com o passar do tempo a dobra ungueal (cutícula) aumenta de tamanho, apresentando o que se chama de hipertrofia. Pode ser corrigido, nos momentos iniciais com procedimentos cirúrgicos simples.

Os primeiros dedos dos pés são os mais frequentemente acometidos. Alguns fatores aumentam o risco para tal problema: lâmina ungueal fina, sudorese aumentada nos pés, sexo masculino, sobrepeso, uso de calçados apertados e corte errado da unha.

A onicocriptose é classificada em três graus:

Grau I: sem alterações visíveis nos dedos. Dor apenas quando a pele em volta da unha é comprimida.

Grau II: dor nas pregas ingirais associada à saída de secreção, vermelhidão e edema. Pode ter “carne esponjosa”, ou seja, granuloma piogênico.

Grau III: igual ao grau II mais hipertrofia de prega ungueal, ou seja, aumento do volume da região próxima ao encravamento da unha.

Foto 1: Onicocriptose grau III.

Tratamento da Onicocriptose

Existem basicamente duas formas de tratamento: conservador e cirúrgico.

Tratamento conservador – baseado no uso de órteses de unha e outros instrumentos com o objetivo de diminuir a curvatura transversa da lâmina, resolvendo o encravamento.

Tratamento cirúrgico – são duas as cirurgias principais, a fenolização da matriz e a matricectomia cirúrgica tradicional. No primeiro procedimento usa-se um produto químico para a destruição da matriz ungueal. Na outra cirurgia, removemos um bloco de pele e unha, fazendo a sutura para corrigir o defeito formado. Os resultados estéticos são muito bons e as taxas de recidiva baixas.

Após o tratamento cirúrgico da onicocriptose os pacientes devem ser afastados das suas atividades laborativas por alguns dias e devem também tomar alguns cuidados, como não usar calçados fechados.

O Dr. Raphael Peryassú é médico dermatologista especialista no tratamento da onicocriptose. Atende nos seus consultórios na Barra da Tijuca e Copacabana.

Central de marcação:

Tel: 4106-1787

Whatsapp: 99642-3139

Para maiores informações sobre onicocriptose, clique aqui.

Retornar ao nosso blog.

Retornar a página inicial.

CRM 52.72167-2 / RQE 24976

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contato

Entre em contato para tirar suas dúvidas!

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

melanoma
WhatsApp Mande um WhatsApp!